sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Você pensou besteira, tenho certeza. O que um 'vendedor de bala' tem à ensinar sobre Marketing? E os camelôs na 25 de março? Já parou para ver como um pipoqueiro sobrevive por anos vendendo pipoca na porta de teatros? E então, o que aprender com os ambulates que vendem dentro de trens? Dizem que para um homem estar realizado na vida ele tem que plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro. E para uma mulher? Bom, aspectos simplistas à parte o fato é que no mundo dos negócios o importante é o resultado. É isso que todos estes profissionais têm em comum. Independente de onde vieram, o que fizeram e de que empresa são, eles são sucesso em suas profissões e com certeza têm mais cases que muitos profissionais por aí.

Nesse sentido, Vanessa de Oliveira é uma mulher de sucesso. Ex-garota de programa, a 'diabinha aí ao lado' resolveu mudar de profissão cedo. Enquanto muitos profissionais fazem a mesma coisa por anos até se aposentarem e não ariscaram outras posições, Vanessa de Oliveira fez diferente. Entrou para o mundo bilionário do sexo aos 25 anos por necessidades financeiras.

Vanessa de Oliveira é catarinense, tem 34 anos, é ex-garota de programa, se formou em enfermagem, é empresária (tem a sua grife de lingeries), é escritora e palestrante (sim, enquanto tem gente que tem medo de falar em público, ela não economiza nas palavras).

Seu primeiro livro foi O Diário de Marise, a vida real de uma garota de programa (editora Matrix). Lá ela revela sua vida como garota de programa e mostra que, além de bonita, é uma mulher inteligente. Essa obra já foi lançada em Portugal, traduzida para o italiano na maior editora da Itália e está sendo lançado em 2009 em diversos países da América Latina. Vanessa escreveu também “Cem segredos de uma garota de programa”, igualmente lançado pela Matrix Editora.

Famosa por seu livro O Diário de Marise, com mais de 20 mil cópias vendidas, Vanessa de Oliveira agora apresenta um livro escrito juntamente com Reinaldo Bim Toigo, co-autor da obra e profissional de marketing. “Seduzir Clientes – O que todo profissional pode aprender com uma garota de programa e um homem de marketing” no qual mostra as analogias entre sua ex-profissão e o mercado corporativo.

Veja um trecho de uma palestra da Vanessa:



Nas palestras de marketing, Vanessa fala para empresários sobre o que fazer com que suas empresas prosperem baseadas nas suas dicas que aprendeu empiricamente na profissão do sexo.

MKTmais.com entrevistou a ex-garota de programa e agora palestrante Vanessa de Oliveira.

MKTmais.com: Você poderia dar um exemplo de um caso que lhe rendeu o maior valor financeiro e o que fez para obtê-lo?
Vanessa: Foi uma sacada muito simples, mas que me deu um lucro de cerca de 5 mil reais ao dia de trabalho. Eu fiz cartõezinho de SERVIÇOS GERAIS em um cruzeiro e saí distribuindo aos turistas e eles passaram a me procurar em meu quarto. Então, quando eu atendia um deles eu dava mais 10 cartõezinhos de serviços gerais (eu não especificava exatamente o que era por causa da tripulação e comandante - embora eu acredite que eles viriam até o quarto também... risos - pelo fato de não ser um serviço "autorizado") e dizia que se ele trouxesse mais 10 amigos teria um free de graça.
MKTmais.com: Belo case de promoção cartãozinho-a-cartãozinho (boca-a-boca) com promoção junte dez ganhe um.

MKTmais.com: Nas últimas semanas de parar com a profissão de garota de programa, qual foi o seu planejamento para o futuro?
Vanessa: Ser uma grande escritora e levar meus livros para o exterior, passei a divulgar meu material nos outros países através do meio de comunicação mais rápido, eficaz e barato que há: INTERNET! e deu muito certo, hoje sou publicada em vários países e tudo começou apenas com uma simples carta de apresentação em inglês e oferecimento de minha primeira obra.
MKTmais.com: Nada como a iniciativa e a atitude para colher bons resultados.
MKTmais.com: Você é formada? Sofreu algum tipo de discriminação por isso?
Vanessa: Sou formada em enfermagem, mas não exerço a profissão porque gosto de dinheiro...rsrsrs
Pelos professores não tive problemas de discriminação, eu era boa aluna e isso para eles era o que constava, algumas meninas falavam de mim pelas costas mas isso nunca teve a menor importância para mim.
MKTmais.com: Não precisamos de pesquisa, falou a ex-profissional, mulher gosta mesmo é de dinheiro.

MKTmais.com:
Hoje você é empresária de lingerie e escritora, mais alguma atividade?
Vanessa: Palestrante, vou agora para o Peru realizar workshop e final do ano para o México, fazer uma palestra na Feira do Livro de Guadalarrara, a mais importante feira de livros do mundo.
MKTmais.com: Será que Paulo Coelho estará lá para ouví-la?

MKTmais.com: Você dá palestras sozinhas ou só com um outro palestrante e quanto cobra para isso?
Vanessa: As palestras sozinhas são sobre sexualidade, as palestras sobre marketing são em dupla com Reinaldo Bim Toigo, co-autor do livro Seduzir Clientes. Ele tem uma visão muito ampla e visionária sobre marketing.
As palestras custam em média 5 mil reais.

MKTmais.com: Qual foi o maior aprendizado nessa profissão que lhe dá bases para as próximas profissões que irá assumir?
Vanessa: NUNCA, NUNCA, NUNCA DESISTA! (preciso explicar mais?...rsrsrs)

Marketeira?
Ela sempre se viu como uma empresa: contava os clientes que atendia, anotava as características de cada um – num verdadeiro database, como eles haviam chegado até ela, fazia promoções para aumentar e fidelizar a clientela, procurava nichos de mercado, criava serviços diferenciados, enfim, sempre fez o que qualquer guru do marketing recomendaria a um empresário que fosse assistir a uma palestra.

Produtos 'Diversificados'
Vanessa, por exemplo, assim como uma Bombril, que lançou uma palha de aço mais barata, para combater a concorrência de seu principal produto, também colocava anúncios nos jornais da região de Balneário Camboriú, onde mora, oferecendo a si mesma, com outros nomes, outras características, além da famosa Marise – seu personagem mais caro, com mais qualidades e que era disputadíssima pelos homens.

E você, o que aprendeu com a Vanessa? Será que dá para quebrar o tabu e encarar a fidelização de clientes ou a sedução dos clientes? Nessa ex-profissão de Vanessa, os clientes pagam caro, saem sorrindo e recomendam. Como ter o mesmo nível de satisfação em clientes de empresas comuns? Será que a mais antiga das profissões sobreviveria até hoje se essas razões não fossem os pilares do serviço de acompanhantes de luxo? Nem a empresa mais antiga em atividade conseguiu esse feito. É, está na hora de pensarmos com mais calma antes de sair tirando conclusões precipitadas. Mas o fato é, atitude faz muita diferença.

Mais informações sobre a Vanessa de Oliveira, fotos, livros e curiosidades, acesse: http://www.vanessadeoliveira.net


Abs,

Jony Lan
Especialista em estratégia, marketing e novos negócios
jonylan@mktmais.com

Fontes: Matrix Editora, Vanessa de Oliveira

5 comentários :

Namoro na Boa disse...

Excelente a matéria, amigo!
Uma analogia pra deixar de queixo caído...
Abraços

Marechal disse...

Muito boa matéria.
Lido com publico, e o mesmo eu maioria das vezes tnho que aptar estes clientes. e a história e o livro desta acima citada é ótimo, eu lí e recomendo.

Att: Marechal.

Anônimo disse...

Claro.... o esquema dos cartões realmente tem tudo a ver com MKT em vários aspectos, mas um "serviço" geral grátis para cada 10 indicações que o sujeito fizer, ta com mais cara de vender seu "produto" a um valor menor baseado em algum relatório da contabilidade!

du disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

E a filha dela o q pensa de tudo isso? sera que é um egoismo tao grande que nao pensa no que o futuro reserva a propria filha? e se ela virar uma garota vazia? apenas um corpo que serve de sexo pois a mae e exemplo sera que valeu a pena destruir a vida de alguem para ser alguem? afinal as filhas sao o exemplo das maes e se essa mae se vende a qq preço pq nao fazer o mesmo? pq acreditar nos homens?